Você sabia?!?

voce-sabia

Registros históricos mostram que as rochas como o mármore e o granito começaram a ser exploradas e utilizadas de forma ornamental e estrutural há cerca de 2500 anos a.C. Como povo pioneiro desta extração e utilização surgem os Egípcios, que fizeram uso destas pedras naturais como materiais para construção de seus famosos monumentos, como as Pirâmides do Egito e túmulos faraônicos.

Por volta do século VI a.C, os Gregos realizaram obras de grande magnitude em mármore, como o Parthenon, o Templo de Zeus e como o Templo de Artemis com 127 colunas inteiramente de mármore

Durante a época do Império Romano, o uso de rochas para construções urbanas foi explosivamente ampliado, havendo muitas obras de arquiteturas e construções civis, tais como: Maison Carree, um santuário; Pont du Gard, uma ponte para transporte de água; Anfiteatro; Pantheon; Colosseum; etc. A pavimentação decorativa das calçadas feitas de rochas brancas e pretas, denominada mosaico, apareceu naquela época.

Já na Idade Média, com melhores condições de transformação, o mármore e granito passaram a ser usados largamente nos interiores de casas, igrejas, pisos e cozinhas.

Na era moderna da Europa, o mármore passou a ser utilizado como matéria prima para confecções de móveis luxuosos. Nesta época, houve o aparecimento de indústrias modernas, que logo se espalhou por toda a Europa. Mas foi apenas no século XIX que esses produtos luxuosos foram exportados para o Brasil.

No século XX, ocorreu uma grande evolução na tecnologia de corte, polimento, reformas e aplicações das rochas. O corte utilizando diamante permitiu que as rochas tomassem formas inovadoras, como chapas polidas de espessura e tamanhos definidos que foram utilizados para revestimento de paredes, pilares, pavimentos, colunas, peitoris, etc.

Atualmente, as rochas ornamentais fazem um papel indispensável para a beleza de construção urbana, constituindo recurso natural importante na mineração, aplicação à construção civil e na economia.

No Brasil existem inúmeras jazidas de rochas ornamentais de excelente qualidade e imensa reserva. Entretanto, só a partir do século XXI que começou a introdução dos equipamentos com tecnologia necessária para extração e produção destas rochas. Assim o Brasil passou a ser um dos grandes exportadores de mármore e granito do mundo.

Fonte: Universidade Federal do Espírito Santo

 


Traga seu projeto!

Temos os melhores produtos, as melhores condições e serviços de qualidade.

solicite-orcamento

 

 

 

<< voltar

 

1 Response

Deixe uma resposta